13.6.08

Técnicas de Arte em Vidro: O Fusing

O fusing, tal como o nome indica, é uma técnica de arte em vidro, a quente, que tem por base a fusão de diversos pedaços de vidro para dar forma a uma nova peça.
Da técnica geral chamada Fusing derivaram outras técnicas, tão diversas como os vidreiros ou artistas que a aplicam. Desta forma, a ideia geral a reter deste conceito é a criação de uma nova peça pela fusão de pedaços de vidro de vários tamanhos, através de altas temperaturas.
Na técnica do Fusing, os vidros a serem fundidos deverão ser especiais, de preferência deverão ter o mesmo coeficiente de dilatação, para que não haja rupturas devido a mudanças de temperatura que ocorrem durante o processo de fusão.
O Fusing não recorre à junção de metais, apenas de vidros de diversas cores. Esta técnica tem vindo a ser utilizada para produzir vidros planos ou objetos de vidro em formatos curvos, como vasos e copos. Assim, a técnica de fusing de vidro tem sido aplicada à criação de objectos decorativos, ao fabrico de objectos utilitários, mas também à criação de Arte em Vidro, uma categoria que costumo diferenciar das anteriores, apenas por uma questão de organização de ideias.
Na minha concepção de arte, tudo o que é produzido manualmente pode ser englobado nessa categoria, independentemente do propósito do objecto, mas esta minha ideia poderá ser descutível.

2 comentários:

Monique Becker disse...

Bom dia!

Nossa empresa faz assessoria da JUNG fornos de Blumenau -SC. Gostaria de lhe enviar informações sobre arte em virso. Qual o seu e-mail??

Grata,
Monique Becker
Presse Comunicação
www.presse.inf.br

Fornos Jung disse...

Olá,

Estamos criando um blog que fala sobre arte em vidro.
Acesse e nos siga www.jungearte.blogspot.com.br